Distúrbio do Sono

São vários os fatores que podem afetar a condição de dormir bem. Insônia, apneia, ansiedade, ronco, entre outros. Quando isso acontece regularmente, denomina-se distúrbio do sono, afetando negativamente a saúde e qualidade de vida.
De maneira geral, os sintomas são: sonolência diurna, irritabilidade, falta de concentração, depressão, estresse, diminuição no rendimento profissional, alterações de humor, etc.
Algumas dicas para tentar melhorar a qualidade do sono:
-mantenha os pés quentes
-faça exercícios de respiração
-evite luz e barulho no quarto
-pratique alguma atividade física regularmente
-regras nos horários (para dormir e também para acordar)
-rituais ajudam bastante (chá, música, meditação…)
-evite cafeína, tabaco e álcool (principalmente antes de se deitar)
-faça terapia

Cada caso merece atenção especial e única, portanto essas foram apenas algumas sugestões, afinal, os efeitos das noites mal dormidas são perturbadores!
Procure manter bons hábitos sempre e conte com a ajuda de um especialista.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Querofobia

*Sabia que o medo de ser feliz tem nome* ? _“`Querofobia“`_ .   A pessoa que tem querofobia, sente medo de ser feliz. Situações que deveriam alegrar, na verdade causam alguns sintomas como: -ansiedade. -dores de cabeça e nos músculos. – creem que a felicidade não é algo positivo. -acreditam que estar num lugar divertido, significa que algo ruim vai

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Qual sensação seu trabalho te causa?

  Responda algumas perguntas: – você gosta da sua profissão? – o ambiente em que você trabalha é saudável? – ir trabalhar te causa paz ou angústia? – você acorda motivado para iniciar suas atividades profissionais diariamente? – antes de dormir fica pensando nas coisas que ainda tem pra fazer ou consegue desligar? – seu horário de almoço é respeitado?

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Como falar o que pensa e sente?

*Como falar o que pensa e sente?* Antes que o silêncio comece a sufocar, é hora de ter uma boa conversa. Muitas vezes ficamos com aquele “nó na garganta”, um mal estar que asfixia nossas emoções, onde o corpo chega a doer. Não espere a gota d’água, organize seus pensamentos e coloque em palavras ou escrita, sempre em primeira pessoa

Leia Mais »
× Como posso te ajudar?