Estresse Pós Traumático

Transtorno psicológico causado após eventos traumáticos, como: ser sequestrado, sofrer violência doméstica, assaltos, perder algum ente querido, ou qualquer evento que altere de maneira repentina a vida do indivíduo e que provoca medo excessivo. As reações de medo são normais na maioria dessas situações o que difere no transtorno, além de ser excessivo e constante, interfere diretamente nas atividades diárias, ou seja, a pessoa vira refém do medo, tudo se torna um potencial perigo, até mesmo ficar em casa vendo TV.
Já imaginou viver assim? Onde qualquer coisa, qualquer barulho, qualquer objeto, pode ser um potencial desencadeador de lembranças traumáticas? Pois essa é a realidade de quem vivencia esse transtorno.
Os principais sintomas são:
– Lembranças vividas da situação, com taquicardia e sudorese;
– Pensamentos macabros;
– Pesadelos;
– Estar sempre em estado de alerta;
– Insônia;
– Explosões de raiva;
O tratamento é realizado com psiquiatra e psicólogo, para ajudar a superar os medos que vão surgindo e a ansiedade crescente que envolve o paciente ao longo do tempo.
É sempre importante lembrar que o quanto antes procurar ajuda, menor o sofrimento psíquico.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

O que é amor pra você?

    Acredito que esse sentimento se dá por um conjunto de admirações e afinidades, tanto nas amizades quanto nas relações amorosas. Para estarmos inteiros com alguém, é necessário olhar para o outro com algum encantamento. Quando amamos uma pessoa, desejamos estar junto, compartilhar de momentos, conquistas, dar risada, fazer carinho, planos, mas acima de tudo queremos o bem do

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Desconfiança no relacionamento?

  Já se perguntou porque isso acontece? O medo de de perder, de ser enganado ou simplesmente de passar por algum sofrimento, faz com que se olhe com desconfiança para o relacionamento. Esse sentimento envenena a relação, pois gera briga grande parte do tempo e cria um desconforto enorme à vítima, que por sua vez, se percebe desrespeitada e invadida.

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Amor da vida e amor pra vida. Qual a diferença?

Amor pra vida e amor da vida. Qual a diferença?     Dizem que o amor da sua vida sempre será vulnerável e nunca dará certo, e o amor pra sua vida é aquele que se torna um casamento “feliz”. Mas será que isso é realmente como acontece? Qual a real diferença entre os dois? Primeiramente, os relacionamentos são muito

Leia Mais »
× Como posso te ajudar?