Serial Killer

Serial Killer, ou assassino em série não se encaixam em nenhuma categoria de transtorno mental! Eles vão além dos transtorno, possuem uma classe só deles, baseada em caos e maldade!
Seus crimes geralmente ocorrem de maneira crescente, ou seja, conforme vão experimentando a maldade, vão se excitando e acrescentando mais maldade! Podem iniciar com crimes sexuais, ou homicídios simples e em uma crescente partirem para dominação das vítimas e tortura! Isso ocorre principalmente pela sua excitação por sangue ser o primeiro prazer, mas depois isso deixa de ser suficiente e o sofrimento e a morte de suas vítimas começa a ser uma necessidade!
Os assassinos em séries levam troféus de suas vítimas, isso para relembrar seus assassinatos.
Geralmente fazem isso para se vingar de “fantasmas” criados por eles mesmos. Por esse motivo são muito sozinhos e possuem tendências suicidas.
A maioria são homens brancos, solteiros, inteligentes (com QI médio ou superdotados), porém com fraco desempenho escolar e empregos secundários. Ambiente familiar extremamente conturbado, abandonados ou que cresceram em lares disfuncionais. Histórico de problemas psiquiátricos e alcoolismo familiar, com muitos abusos e humilhações. Não reconhecem autoridades masculinas, geralmente são dominados pelas mães e as hostilizam. Apresentaram problemas mentais na infância. São obcecados por fetiches e pornografia violenta.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Querofobia

*Sabia que o medo de ser feliz tem nome* ? _“`Querofobia“`_ .   A pessoa que tem querofobia, sente medo de ser feliz. Situações que deveriam alegrar, na verdade causam alguns sintomas como: -ansiedade. -dores de cabeça e nos músculos. – creem que a felicidade não é algo positivo. -acreditam que estar num lugar divertido, significa que algo ruim vai

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Qual sensação seu trabalho te causa?

  Responda algumas perguntas: – você gosta da sua profissão? – o ambiente em que você trabalha é saudável? – ir trabalhar te causa paz ou angústia? – você acorda motivado para iniciar suas atividades profissionais diariamente? – antes de dormir fica pensando nas coisas que ainda tem pra fazer ou consegue desligar? – seu horário de almoço é respeitado?

Leia Mais »
Artigos
alexandra@psicologiamooca.com.br

Como falar o que pensa e sente?

*Como falar o que pensa e sente?* Antes que o silêncio comece a sufocar, é hora de ter uma boa conversa. Muitas vezes ficamos com aquele “nó na garganta”, um mal estar que asfixia nossas emoções, onde o corpo chega a doer. Não espere a gota d’água, organize seus pensamentos e coloque em palavras ou escrita, sempre em primeira pessoa

Leia Mais »
× Como posso te ajudar?